HIPERBREVES

OS BEIJOS – JUAN CARLOS ONETTI

Escrito por Hiperbreves

Conhecera-os e sentira saudades dos de sua mãe. Beijava nas duas faces ou na mão toda mulher indiferente que lhe apresentassem, respeitava o rito prostibular que proibia unir as bocas; namoradas, mulheres o haviam beijado com as línguas na garganta, detendo-se, sábias e meticulosas, para beijar-lhe o membro. Saliva, calor e deslizamentos, como deve ser. Depois a imprevista entrada da mulher, desconhecida, atravessando a ferradura de parentes lutuosos, esposa e filhos, amigos chorosos suspirantes. Aproximou-se, impávida, a putíssima, a atrevidíssima, para beijar-lhe a frieza da testa, por cima da borda do caixão, deixando, entre a horizontalidade das três rugas, uma pequena mancha de batom vermelho.


Juan Carlos Onetti | “47 Contos de Juan Carlos Onetti”

Hiperbreves

Garimpa Hiperbreves de autores famosos e consagrados.

Hiperbreves são contos curtos: uma forma narrativa, geralmente em terceira pessoa, caracterizada principalmente por sua extrema brevidade. Criado possivelmente pela literatura espanhola sob o nome de Microrrelatos / Micronarrativas, os textos devem atender a certos requisitos - geralmente, parágrafos únicos, de 140 a 1500 caracteres, narrados em terceira pessoa, cujo resultado final deve ser a capacidade de provocar interesse e surpresa ao leitor usando o mínimo de recursos.

No caso desse projeto, as histórias contadas devem ter, obrigatoriamente, até mil caracteres em parágrafo único - contando letras, espaços e pontuação -, narrados em terceira pessoa.