HIPERBREVES

PARTIDA

Escrito por Fausto Rêgo
Quando conversaram, ele não ergueu os braços, não levantou a voz. Manteve postura serena, ouviu calado, pouco argumentou. Consentiu. Despediu-se. Foi breve. Um olhar nervoso, pouco mais. E logo quebrou as promessas, soltou as amarras e enfrentou o oceano, desafiando os conselhos do velho pescador. Jogou o anzol e a isca, os peixes vieram ávidos e o mar lhe encobriu todas as dores. Jamais foi tão feliz. E jamais retornou.
| Fausto Rêgo | 

Últimos posts por Fausto Rêgo (exibir todos)

Fausto Rêgo

Jornalista. Autor, em parceria, de uma filha de 16 anos que é sua única obra publicada. As demais estão por aí, escondidas em blogs como o "Sobretudo". Vive no Rio de Janeiro.