HIPERBREVES

SEDE RABISCADA

Escrito por Evilanne Brandão
O garçom entregou um guardanapo rabiscado na mesa do homem. Uma caligrafia bem desenhada dizia: “Traga essa sua garrafa para cá. Junta essa sua vontade de se embriagar com essa minha vontade de ser bebida”. Poética, quase direta e bastante eficaz. O homem, alcoolicamente lascivo, aceitou aquele imperativo. Noite adentro, matou a sua sede com aquela mulher sedenta. Deixaram o limite ébrio do desconhecido se embriagar.
| Evilanne Brandão |

The dark room II – Fabian Perez 
Últimos posts por Evilanne Brandão (exibir todos)

Evilanne Brandão

Escritora de leves contos breves, acompanhados por pinturas inspiradoras. Advogada por formação.